GUARDA MUNICIPAL ASSOCIE-SE

GUARDA MUNICIPAL ASSOCIE-SE
CLIQUE E ACESSE A FICHA DE INSCRIÇÃO

Seguidores

terça-feira, 1 de maio de 2012

Mato Grosso - Policial é presa em flagrante



Ilustrativa
A Delegacia Especializada de Entorpecentes (DRE), da Polícia Judiciária Civil, prendeu na manhã deste domingo (29), uma soldado da Polícia Militar, que atua na guarda e revista feminina de visitantes da Penitenciaria Central do Estado (PCE). A policial estava com dois quilos de maconha e um celular, que seriam entregues a reeducandos da unidade prisional. A ação teve o apoio da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh).
A policial Cristiane Coimbra Eguso, 28, foi abordada quando descia de um mototáxi, na rua lateral da Penitenciária, com uma mochila contendo a droga dentro. Com ela, os policiais da DRE encontram também R$ 550, na carteira, e mais R$ 1,4 mil em sua residência no bairro Morada da Serra, além de duas porções de maconha e cocaína, que estavam na casa.
O delegado Gustavo Garcia Francisco, disse que o trabalho iniciou na sexta-feira (27), com uma informação que chegou aos policiais e a partir daí começou o monitoramento da suspeita. “Neste domingo monitoramos a PM deste sua saída de casa até o presídio”, disse.
Conforme o delegado, o dinheiro encontrado com a policial seria proveniente do tráfico dentro do presídio, de drogas já repassada aos detentos. A policial disse que para cada quilo entregue recebia R$ 1 mil.
O flagrante está sendo lavrado por tráfico de drogas com agravante por fornecer telefone a presidiários. A policial militar será encaminhada ao presídio feminino da Capital, Ana Maria do Couto.
A delegada Alana Cardoso, titular da Delegacia de Entorpecentes, frisou que a unidade está em operação durante todo o feriado prolongado. Alana disse que a DRE passará a realizar rondas ostensivas nos pontos considerados cracolândias na Capital, para reduzir a permanência ou aglomerações de usuários, já que o tráfico nesses locais é de difícil comprovação.
Fonte: CIRCUITOMATOGROSSO
Google Analytics Alternative